Agendamentos:

(11) 95637-4311


Endereços a sua escolha:

✔ Av. Santo Amaro, 4644 cj 206
Brooklin - SP

Carga imediata: Qual a diferença de um tratamento com implante dentário.

 

IMAGES_0007529_1Todas as pessoas que utilizam próteses removíveis, devido a perda de dentes e problemas em sua arcada dentária, têm o desejo de reconstituir seu sorriso e poder mostrá-lo sem medo. As técnicas utilizadas atualmente, carga imediata e carga tardia, são muito eficazes e atendem as necessidades dos pacientes.

Nos dois tratamentos são colocados cinco ou seis implantes que vão fixar a prótese dentária que vai estruturar os novos dentes, mas o que diferencia um do outro é o tempo, a duração do procedimento completo.

Na carga imediata, o paciente pode sair com seus novos dentes no mesmo dia em que os implantes foram feitos. Logo depois da colocação dos implantes a prótese final já pode ser fixada, dependendo do caso, ou alguns dias depois da cirurgia.

Na Fórmula Odonto realizamos preferencialmente uma prótese provisória, visto que a gengiva e o osso irão mudar de formato com o tempo. Sendo necessária a realização de ajustes no formato da prótese.

Já na carga tardia, com a colocação dos implantes o paciente precisa esperar de três a seis meses, para a mandíbula superior e inferior, respectivamente, para que a prótese seja colocada. Durante o período de osseointegração, a pessoa utiliza uma prótese provisória fixa ou removível.

Em todos os casos é preciso realizar uma avaliação detalhada para determinar qual técnica é mais eficaz e benéfica. O dentista especializado em implantodontia é o profissional mais indicado para realizar o procedimento e decidir como o tratamento será realizado.

Palavras-chave: carga imediata, carga tardia, dentes, sorriso, implante dentário, prótese fixa, prótese móvel, dentista, implantodontia, implante, osseointegração

Postado por:

Alimentos que são detergentes naturais para os Dentes

Os alimentos detergentes, ao mais desavisado, soa um pouco estranho, mas na realidade é esta a função destes alimentos que  ajudam na limpeza bucal e previnem problemas de saúde como gengivite, mau hálito e cáries. Ajudam mas não resolvem por si só. Agem como coadjuvantes no contexto da higienização da boca, pois nada pode ou consegue substituir o fio e a escova dental. Alguns dos Alimentos Detergentes e suas funções são:  maçã, cenoura, pepino, aipo, entre outros, sempre crus ou com casca, são os que têm maior ação de limpeza porque realizam uma espécie de raspagem dos dentes, o que impede o acúmulo de bactérias, que causam os odores indesejados e também auxiliam na remoção de gordura. Sentir os dentes um pouco ásperos ou com a sensação de que há algo grudado nos dentes,  evidencia a formação de placa bacteriana. Após o consumo desses alimentos, passando a língua por eles novamente, você os sentirá lisinhos. boca_maca Se você não está em casa, esqueceu seu kit de higiene bucal em casa, pode fazer uso destes alimentos para higienizar os dentes, não esquecendo de se empenhar quando chegar em casa, pois as frutas contém açúcar e são o combustível para as bactérias fermentarem e liberarem ácidos que corroem o esmalte. Conseguiremos minimizar isto realizando um vigoroso bochecho com água, filtrada é claro! O próprio ato de mastigar esses alimentos facilita na remoção de resíduos e bactérias que são gerados durante a alimentação, além disso, as fibras desses alimentos são importantes porque aumentam a produção de saliva e aumentam o ph da boca, diminuindo a acidez e evitando que haja o crescimento de bactérias que causam problemas bucais. Assista ao vídeo:

  Você também poderá se interessar por:
Ratinho do Castelo Rá Tim Bum

Ratinho do Castelo Rá Tim Bum

Postado por:

Você Higieniza Sua Língua Corretamente?

Você higieniza sua língua? A higienização da língua é a nova campanha da Fórmula Odonto. A maioria das causas do mau hálito encontra-se na boca em cerca de 90% dos casos. Muitas vezes, a halitose está relacionada à placa lingual, que tem ligação com higienização  da língua e o fluxo salivar. A placa lingual é uma massa, uma película sobre a língua, formada de bactérias, restos de alimento, saliva e células de descamação da cavidade bucal.

A explicação é que a placa lingual leva à fermentação dos alimentos, liberando gases à base de enxofre, por exemplo, e ocasionando o mau cheiro. Geralmente, as pessoas limpam os dentes e a gengiva, mas esquecem de limpar a língua.

Limpar a língua é tão importante quanto usar a escova e o fio dental. Uma língua limpa vai manter a boca mais livre de bactérias por mais tempo. A língua é como um carpete, junta muita sujeira.

Daí a importância de se acrescentar um item pouco conhecido ao kit de higiene bucal, o limpador de língua. O instrumento serve para alcançar a base da língua que a escova não consegue porque causa ânsia de vômito. Ao lado da má higiene, a placa lingual pode acontecer também quando a produção salivar está insuficiente ou comprometida.

60390_432146910204005_1440883097_n

               Raspador Lingual

Raspador Lingual

O baixo fluxo salivar tem relação com a alimentação incorreta, com o excesso de alimentos industrializados, dos tipos mais “moles”, em que as pessoas não mastigam e não estimulam a glândula salivar. Sempre deve ser observada a importância da ingestão de água, sendo o ideal de 2 a 3 litros por dia.

Assista ao vídeo explicativo:

Desta forma realizar a limpeza completa dos dentes e da boca diariamente é a melhor maneira de manter um hálito agradável e com frescor. Por este motivo devemos nos acostumar a limpar a língua todos os dias.

 

Você também poderá se interessar  por:


Endocardite Bacteriana

Endocardite Bacteriana

 

 

 

Postado por:

Endocardite Bacteriana - Formas de Contaminação

Contaminação da endocardite.

Contaminação.

A endocardite bacteriana é uma inflamação nas válvulas cardíacas. Ela é causada, na grande maioria das vezes, pelo acúmulo de bactérias no endocárdio, tecido que envolve internamente o coração. As bactérias responsáveis por este quadro geralmente são os estreptococos viridans e os estafilococos aureus, encontrados em grande quantidade na cavidade oral. Os sintomas da endocardite bacteriana podem ser: Febre diária e persistente, associado ou não ao sopro cardíaco.

A endocardite bacteriana mata e pode surgir de uma simples dor de dente. Seguindo dados da OMS (Organização Mundial de Saúde), a doença é responsável por uma alta morbidade e por significativas taxas de mortalidade. Em torno de 20% dos doentes não sobrevivem. Porém, quando a endocardite bacteriana tem foco dentário ela chega a ser responsável por cerca de 10% dos casos de morte, de vítimas de doenças no coração, em todo o mundo.

Para quem ainda não conhece, a endocardite é o nome dado às afecções, infecciosas ou não, do endocárdio, camada interna do coração da qual fazem parte as válvulas cardíacas. O comprometimento da saúde bucal está diretamente associado à endocardite infecciosa. A doença afeta o coração com rapidez e pode comprometer as funções vitais, exigindo uma internação prolongada.

A boca é a maior cavidade do corpo em contato com o mundo exterior. Porta de entrada do tubo digestivo e auxiliar da respiração. Por suas características e funções, a boca é um ninho de bactérias.

As implicações da gengivite e da periodontite seguem basicamente o seguinte caminho: inflamados, os tecidos se tornam irritáveis e sangram durante a mastigação, pela ação da escova de dentes ou do fio dental. Essa hemorragia, por sua vez, possibilita que os micróbios que desencadearam o processo entrem na corrente sanguínea e cheguem a outras partes do organismo. É relativamente fácil que isso aconteça porque a gengiva e o periodonto têm irrigação sanguínea abundante. Por este motivo, a endocardite bacteriana está mais presentes em vítimas de doença periodontal.

Postado por:

Ortodontia Lingual. Você já conhece?

A Ortodontia Lingual, encontrada na Fórmula Odonto, é a modalidade de tratamento ortodôntico que veio para contribuir com seu sorriso.  Dentes alinhados e saudáveis são parte integrante de uma perfeita estética facial, que faz toda a diferença e eleva a autoestima de quem busca um sorriso perfeito.

Nesta técnica os acessórios utilizados, ou seja, os braquetes permanecem invisíveis e ninguém poderá notá-los. Isso porque, trata-se de uma técnica de tratamento ortodôntico que proporciona total discrição e estética perfeita, pois o aparelho permanece oculto, com os braquetes por trás dos dentes, longe do campo de visão das pessoas, contribuindo para a valorização e beleza que todo sorriso tem. Na Fórmula Odonto a Ortodontia Lingual é de comprovada eficiência, rapidez e excelentes resultados.

Veja um exemplo de tratamento utilizando a Ortodontia Lingual no vídeo abaixo:

Assim, o seu sorriso é que merece destaque e evidência, e não o aparelho ortodôntico. Além disso, excelentes resultados são atingidos rapidamente, sempre tendo como meta a obtenção de um sorriso perfeito e a satisfação dos nossos pacientes.

ortodontia-invisivel

 

Existem inúmeras vantagens na escolha do aparelho lingual, tais como conforto, adaptação, tempo de tratamento reduzido, menos extrações, menos dor e principalmente menos visitas mensais ao consultório.

Imagens Ilustrativas

Imagens Ilustrativas

Atualmente quase todos os casos podem ser tratados com aparelho ortodôntico lingual, por esta razão, o aparelho lingual é o preferido por esportistas, artistas, misses e celebridades em geral, porém sempre será necessária uma avaliação criteriosa do ortodontista sobre a indicação de uso.

 

Postado por:

Entenda a doença do ator Luís Gustavo.

Luis Gustavo

O  ator Luís Gustavo está internado, há dias, na UTI para tratar de uma doença denominada endocardite, do tipo bacteriana no coração.

A endocardite bacteriana é  considerada uma doença grave, que pode levar à morte cerca de 20% dos pacientes, e está relacionada, na maioria dos casos, à má higiene bucal,  segundo o Dr. Hugo Robertson, gestor da Fórmula Odonto.

O grande número de bactérias patogênicas na cavidade oral, elevam risco destes caírem na corrente sanguínea quando há algum sangramento,  provenientes de doenças inflamatórias orais, como gengivite e periodontite ou de procedimentos odontológicos.

Uma vez no sangue, as bactérias tendem a se alojar nas paredes internas e nas válvulas do coração, dando início à endocardite.

Por isso, em caso de tratamentos dentários, recomenda-se uma profilaxia antibiótica para minimizar o risco.

O principal agente causador da infecção é o Streptococcus viridans. O Staphylococcus aureus.

Para os cardiopatas, portadores de válvulas protéticas, próteses articulares e doenças reumáticas, tem o índice aumentado de endocardite.

Os sintomas da doença são febre persistente, associada a suores noturnos, falta de ar, cansaço, dores lombares e ósseas.

O tratamento preconizado é: antibióticos, por quatro a seis semanas, depois, o paciente precisa ser monitorado.

Em casos mais graves, em que há dano nas estruturas cardíacas, é preciso uma cirurgia para a troca das válvulas naturais por próteses.

Saiba mais: 

Contaminação da endocardite

Contaminação da endocardite

 

Postado por:

Implantes dentários até sem corte

Implante-sem-cote-Casal-300x224

Os implantes dentários sem corte realizados na Clínica Odontológica Fórmula Odonto estão cada vez mais modernos e são uma opção desejada por quem quer fugir das dentaduras. O tratamento pode ser feito até sem cortes, mas seu sucesso depende de alguns fatores, como o cuidado de higiene bucal.

A técnica mais usada hoje em dia é a osseointegração, em que há contato direto entre osso e implante. Estudos científicos de acompanhamento de 40 anos apontam para uma taxa de sucesso acima de 90%. A partir de 18 anos já é possível se submeter ao procedimento, quando a fase de crescimento já terminou.

Contraindicações
O fator mais importante a ser considerado em relação ao paciente é que ele tenha um bom estado geral de saúde. Se há algum problema sistêmico (diabetes, cardiopatias, pressão alta) descompensado, o implante não pode ser feito.

Caso o paciente faça uso de algum tipo de medicamento, como hormônios (para reposição hormonal) ou anticoagulantes, o dentista também precisa saber. Isso porque os primeiros podem interferir na cicatrização óssea, e os segundos aumentam sangramentos.

Pacientes que fumam também são passíveis de terem complicações, pois o tabagista tem uma mucosa menos vascularizada e substâncias químicas em contato com o tecido gengival, o que causa aquecimento da gengiva. A consequência disso é um processo de cicatrização desfavorável.

Recuperação
Após o procedimento cirúrgico é necessário fazer repouso parcial. “Isso significa não praticar exercícios físicos e evitar movimentos bruscos com a cabeça”, diz o especialista da Fórmula Odonto.

Para conservar o implante, a higienização é a mesma feita nos dentes, assim como nos dentes naturais, os implantes dentais necessitam do estabelecimento de uma rotina disciplinada de higienização, com escovação e uso de fio dental. “Essa rotina previne a formação do biofilme (placa bacteriana), e consequente inflamação dos tecidos ao redor do implante. Controle periódico é a chave do sucesso”.

Postado por:

Invisibilidade e acessibilidade na Ortodontia Estética

 

Busca por aparelhos ortodônticos cresce a expressivamente no Brasil.

A harmonização do sorriso e a preocupação estéticas , são os principais motivos dos  pacientes que iniciam um tratamento.

A indicação por colegas de outras especialidades e, a busca por soluções de problemas nem sempre associados à ortodontia, como stress, dor de cabeça, travamento mandibular, bruxismo, má oclusão e mordidas cruzadas.                                                                                                                                                                                         Os teenagers também buscam pelo uso do aparelho ortodôntico procurando um sorriso atraente, alinhado e dentes brancos.

Estes jovens procuram colocar um aparelho simplesmente não por problemas fisiológicos e sim procuram uma solução estética para resolver seu problema  dental.

A busca pela técnica é quase sempre impulsionada pela estética perfeita.

 

Com o desenvolvimento dos aparelhos autoligados, que são 50% mais rápidos e com 70% menos consultas ao consultório e a possibilidade destes serem completamente estéticos, ou seja, transparentes, compostos de safira, alavancou a procura pelo tratamento ortodôntico, por todas faixas etárias.

 

A popularização do aparelho lingual, ou seja, os bráquetes são colocados por trás dos dentes,e o desenvolvimento dos perfis destes bráquetes eliminou o incômodo dos mesmos, são a opção de estética total, procurado por artistas, repórteres, atores e pessoas públicas.

 

 

Postado por:

Conheça os Primeiros Cuidados Dentários do Seu Filho

No nascimento dos dentinhos de um bebê, além de ter uma higiene em dobro, é preciso ficar atenta aos problemas mais sérios.

Quando os bebês estão com seis meses (mais ou menos) e começam a chorar, sentindo algo incomodando na boca, tenha certeza de que os dentinhos estão chegando. E as mães precisarão ter o dobro de atenção. Além de ficar irritada, a criança pode ter problemas de saúde como febre ou e até mesmo diarréia.

No nascimento dos dentes é preciso ficar de olho no bebê e não esquecer dos possíveis sinais. “Alguns sintomas poderão ocorrer, como coceira e abaulamento (curvatura) da gengiva, aumento da salivação, estado febril, e até as fezes chegam a ficar mais líquidas.

Para ajudar o rompimento dos dentinhos e melhorar esse desconforto, deveremos oferecer ao bebê alimentos mais duros e mordedores de borracha para massagear a gengiva”, explica o dentista Hugo Robertson da clínica de Fórmula Odonto em São Paulo.

Além de ocorrer essas complicações, é preciso ficar atenta a outros problemas. Geralmente após seis meses o bebê já passou para a fase da mamadeira e isso prejudica os dentes.

“O uso da mamadeira após a erupção dos dentes poderá levar a chamada ‘cárie de mamadeira’, quando apresentar um uso descontrolado e contínuo. O fato de se adicionar outro componente, como açúcar e cereais, leva a um aumento da cárie”, afirma o dentista.

Assim como a mamadeira, a chupeta e o dedo na boca possibilitam o entortamento dos dentinhos, e provavelmente a criança terá que usar aparelhos no futuro.

“Esses hábitos deverão ser interrompido por volta dos três anos, quando a criança já está consciente de suas vontades e não requer mais a compensação de sugar. Portanto, devemos encorajá-la a parar com essa mania e às vezes, uma troca agradável e consciente”, recomenda o Dr. Hugo.

Apesar de serem dentes de leite e serão trocados em tempo, é necessário cuidar adequadamente deles. Sempre escová-los depois das refeições, passar fio dental e usar o enxaguante bucal. Sem a higiene apropriada, a cárie leva a uma infecção, acarretando a má formação do dente permanente.

A escovação deve começar assim que os dentes nascerem, mas com a força e a escova proporcional à idade do bebê e feitos com escova infantil e de cerdas macias. “Mas a boca e a gengiva do bebê já deverão ser limpas com gaze embebida em água filtrada, mesmo antes do nascimento. Os hábitos de higiene, aprendidos quando crianças, serão levados para a vida adulta”, conclui o especialista.

Cuidados com os dentes de leite devem começar desde os dois anos

Especialistas afirmam que as crianças devem freqüentar o consultório desde cedo. Isto é importante acompanhar o crescimento e o desenvolvimento dos dentes de leite, para evitar futuros problemas bucais.

Os profissionais de odontologia confirmam: é importante motivar e ensinar seu filho a escovar os próprios dentes e passar o fio dental desde pequeno, pois, desta maneira, eles desenvolvem um sentimento de responsabilidade pela saúde oral.

Os pais também devem acompanhar de perto o nascimento e desenvolvimento dos dentes de leite. Até os seis anos de idade, porém, a criança não tem coordenação e responsabilidade suficiente para realizar uma escovação eficaz e disciplinada. Por isso, é importante o acompanhamento dos pais até que ela aprenda sozinha.

O dentista afirma que é essencial dar atenção aos chamados dentes de leite, que são 20 ao todo, dez em cada arcada, porque eles podem evitar muitos problemas no futuro, como a cárie, por exemplo.

“É falsa a idéia de que os dentes de leite não precisam ser cuidados, pois a saúde dos dentes definitivos depende muito de como foram os cuidados com os dentes na infância. Dentes temporários mal cuidados e estragados podem causar sérios danos aos dentes permanentes”, explica .
O dente de leite atua como um guia para o permanente nascer corretamente, portanto, caso ele caia antes da hora, o dente permanente vai nascer compactado, isto é, preso ao osso, dificultando o seu desenvolvimento.

Os dentes de leite anteriores (frente) nascem entre seis e 12 meses de vida, e entre 18 e 36 meses nascem os dentes de leite posteriores (traseiros). Nesta fase, apenas os dentes de leite estão presentes na boca, mas eles vão começar a cair por volta dos seis anos de idade, e os dentes permanentes anteriores vão nascer no lugar.

Por volta dos seis anos, é importante a mãe ficar atenta ao aparecimento do primeiro molar permanente, que é muito suscetível ao desenvolvimento de cárie. Ele nasce atrás do molar da primeira dentição, sem que nenhum dente de leite caia. Esta troca de dentes de leite por dentes permanentes vai ocorrer até por volta dos 11 anos. Nessa fase em que estão presentes na boca tanto dentes de leite como dentes permanentes, é chamada de dentição mista.

Em média, aos 12 anos de idade, os últimos dentes de leite caem, nascem os permanentes no lugar e também nasce o segundo molar permanente, atrás do primeiro molar. Este dente também nasce sem que um dente de leite caia.

Quando não tiverem mais dentes de leite na boca, a fase é chamada de dentição permanente, por volta dos 18 anos de idade, quando também surgem os chamados dentes do siso ou dentes do juízo.

“Ensinar bons hábitos de higiene bucal para os filhos é uma das melhores lições de saúde que os pais podem ensinar. Isto significa ajudá-los a escovar os dentes no mínimo três vezes ao dia e mostrar a maneira certa de usar o fio dental. Explique a seu filho que uma consulta com o profissional ajuda a manter a boa higiene bucal e, assim, você o estimulará a ir ao dentista regularmente pelo resto da vida”, completa a Caroline.

Dicas para ajudar a criança a cuidar dos dentes de leite:

- Faça da hora da escovação um momento divertido, com brincadeiras.
- Livros didáticos ajudam a criança a entender a importância da escovação.
- Escovar os dentes após as refeições.
- Ir ao dentista regularmente, desde os dois anos de idade.

Postado por:
  • Na Fórmula Odonto, você encontra profissionais que praticam a nova odontologia e que buscam mantê-los o mais distante possível dos eternos tratamentos curativos que, muitas vezes, são incômodos e caros.

    by

Odontologia Estética

Odontologia EstéticaOdontologia Estética

Trata dos aspectos estéticos do tratamento dentário, envolvendo as restaurações estéticas, clareamento, facetas de porcelana, lentes de contato dentais entre outros procedimentos.

Implantes

ImplantesImplantes

Um implante dentário consiste na substituição de uma raiz natural perdida por uma raiz artificial em titânio, e posterior inserção das coroas unitárias ou próteses.

Clareamento dental

Clareamento dentalClareamento dental

O mais avançado Clareamento dental. O clareamento está indicado para pessoas que tenham os dentes amarelados e queiram melhorar sua aparência.

Ortodontia

OrtodontiaOrtodontia

Essa especialidade odontológica se preocupa com o estudo e tratamento da mordida inadequada, que pode provocar irregularidades nos dentes, dores articulares e de cabeça.

  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram