Agendamentos:

(11) 95637-4311


Endereços a sua escolha:

✔ Av. Santo Amaro, 4644 cj 206
Brooklin - SP

Conheça os Primeiros Cuidados Dentários do Seu Filho

No nascimento dos dentinhos de um bebê, além de ter uma higiene em dobro, é preciso ficar atenta aos problemas mais sérios.

Quando os bebês estão com seis meses (mais ou menos) e começam a chorar, sentindo algo incomodando na boca, tenha certeza de que os dentinhos estão chegando. E as mães precisarão ter o dobro de atenção. Além de ficar irritada, a criança pode ter problemas de saúde como febre ou e até mesmo diarréia.

No nascimento dos dentes é preciso ficar de olho no bebê e não esquecer dos possíveis sinais. “Alguns sintomas poderão ocorrer, como coceira e abaulamento (curvatura) da gengiva, aumento da salivação, estado febril, e até as fezes chegam a ficar mais líquidas.

Para ajudar o rompimento dos dentinhos e melhorar esse desconforto, deveremos oferecer ao bebê alimentos mais duros e mordedores de borracha para massagear a gengiva”, explica o dentista Hugo Robertson da clínica de Fórmula Odonto em São Paulo.

Além de ocorrer essas complicações, é preciso ficar atenta a outros problemas. Geralmente após seis meses o bebê já passou para a fase da mamadeira e isso prejudica os dentes.

“O uso da mamadeira após a erupção dos dentes poderá levar a chamada ‘cárie de mamadeira’, quando apresentar um uso descontrolado e contínuo. O fato de se adicionar outro componente, como açúcar e cereais, leva a um aumento da cárie”, afirma o dentista.

Assim como a mamadeira, a chupeta e o dedo na boca possibilitam o entortamento dos dentinhos, e provavelmente a criança terá que usar aparelhos no futuro.

“Esses hábitos deverão ser interrompido por volta dos três anos, quando a criança já está consciente de suas vontades e não requer mais a compensação de sugar. Portanto, devemos encorajá-la a parar com essa mania e às vezes, uma troca agradável e consciente”, recomenda o Dr. Hugo.

Apesar de serem dentes de leite e serão trocados em tempo, é necessário cuidar adequadamente deles. Sempre escová-los depois das refeições, passar fio dental e usar o enxaguante bucal. Sem a higiene apropriada, a cárie leva a uma infecção, acarretando a má formação do dente permanente.

A escovação deve começar assim que os dentes nascerem, mas com a força e a escova proporcional à idade do bebê e feitos com escova infantil e de cerdas macias. “Mas a boca e a gengiva do bebê já deverão ser limpas com gaze embebida em água filtrada, mesmo antes do nascimento. Os hábitos de higiene, aprendidos quando crianças, serão levados para a vida adulta”, conclui o especialista.

Cuidados com os dentes de leite devem começar desde os dois anos

Especialistas afirmam que as crianças devem freqüentar o consultório desde cedo. Isto é importante acompanhar o crescimento e o desenvolvimento dos dentes de leite, para evitar futuros problemas bucais.

Os profissionais de odontologia confirmam: é importante motivar e ensinar seu filho a escovar os próprios dentes e passar o fio dental desde pequeno, pois, desta maneira, eles desenvolvem um sentimento de responsabilidade pela saúde oral.

Os pais também devem acompanhar de perto o nascimento e desenvolvimento dos dentes de leite. Até os seis anos de idade, porém, a criança não tem coordenação e responsabilidade suficiente para realizar uma escovação eficaz e disciplinada. Por isso, é importante o acompanhamento dos pais até que ela aprenda sozinha.

O dentista afirma que é essencial dar atenção aos chamados dentes de leite, que são 20 ao todo, dez em cada arcada, porque eles podem evitar muitos problemas no futuro, como a cárie, por exemplo.

“É falsa a idéia de que os dentes de leite não precisam ser cuidados, pois a saúde dos dentes definitivos depende muito de como foram os cuidados com os dentes na infância. Dentes temporários mal cuidados e estragados podem causar sérios danos aos dentes permanentes”, explica .
O dente de leite atua como um guia para o permanente nascer corretamente, portanto, caso ele caia antes da hora, o dente permanente vai nascer compactado, isto é, preso ao osso, dificultando o seu desenvolvimento.

Os dentes de leite anteriores (frente) nascem entre seis e 12 meses de vida, e entre 18 e 36 meses nascem os dentes de leite posteriores (traseiros). Nesta fase, apenas os dentes de leite estão presentes na boca, mas eles vão começar a cair por volta dos seis anos de idade, e os dentes permanentes anteriores vão nascer no lugar.

Por volta dos seis anos, é importante a mãe ficar atenta ao aparecimento do primeiro molar permanente, que é muito suscetível ao desenvolvimento de cárie. Ele nasce atrás do molar da primeira dentição, sem que nenhum dente de leite caia. Esta troca de dentes de leite por dentes permanentes vai ocorrer até por volta dos 11 anos. Nessa fase em que estão presentes na boca tanto dentes de leite como dentes permanentes, é chamada de dentição mista.

Em média, aos 12 anos de idade, os últimos dentes de leite caem, nascem os permanentes no lugar e também nasce o segundo molar permanente, atrás do primeiro molar. Este dente também nasce sem que um dente de leite caia.

Quando não tiverem mais dentes de leite na boca, a fase é chamada de dentição permanente, por volta dos 18 anos de idade, quando também surgem os chamados dentes do siso ou dentes do juízo.

“Ensinar bons hábitos de higiene bucal para os filhos é uma das melhores lições de saúde que os pais podem ensinar. Isto significa ajudá-los a escovar os dentes no mínimo três vezes ao dia e mostrar a maneira certa de usar o fio dental. Explique a seu filho que uma consulta com o profissional ajuda a manter a boa higiene bucal e, assim, você o estimulará a ir ao dentista regularmente pelo resto da vida”, completa a Caroline.

Dicas para ajudar a criança a cuidar dos dentes de leite:

- Faça da hora da escovação um momento divertido, com brincadeiras.
- Livros didáticos ajudam a criança a entender a importância da escovação.
- Escovar os dentes após as refeições.
- Ir ao dentista regularmente, desde os dois anos de idade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

  • Na Fórmula Odonto, você encontra profissionais que praticam a nova odontologia e que buscam mantê-los o mais distante possível dos eternos tratamentos curativos que, muitas vezes, são incômodos e caros.

    by

Odontologia Estética

Odontologia EstéticaOdontologia Estética

Trata dos aspectos estéticos do tratamento dentário, envolvendo as restaurações estéticas, clareamento, facetas de porcelana, lentes de contato dentais entre outros procedimentos.

Implantes

ImplantesImplantes

Um implante dentário consiste na substituição de uma raiz natural perdida por uma raiz artificial em titânio, e posterior inserção das coroas unitárias ou próteses.

Clareamento dental

Clareamento dentalClareamento dental

O mais avançado Clareamento dental. O clareamento está indicado para pessoas que tenham os dentes amarelados e queiram melhorar sua aparência.

Ortodontia

OrtodontiaOrtodontia

Essa especialidade odontológica se preocupa com o estudo e tratamento da mordida inadequada, que pode provocar irregularidades nos dentes, dores articulares e de cabeça.

  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram